Friday, June 02, 2006

Hillary Clinton

Senadora dos EUA. Hillary nasceu em Park Ridge, Illinois, licenciou-se em Direito em Wellesley College (1969) e em Yale University Law School (1973). Em 1975, casou-se com Bill Clinton, então seu colega em Yale Law School. Exerceu advocacia enquanto o seu marido era attorney general e mais tarde governador do Estado do Arkansas. Durante esta época, Hillary ganhou prestígio nacional pelas suas colaborações em eventos relacionados com os direitos da mulher e da criança, através dos seus livros e processos de tribunal. Em 1991, antes de ser conhecida pela maioria dos americanos, o jornal The National Law Journal classificou Hillary como um dos cem melhores advogados dos EUA.
Durante a campanha presidencial de 1992, Hillary destacou-se como a dinâmica e imprescindível esposa de Bill Clinton e, já presidente, Clinton passou-lhe a pasta da Task Force on National Health Reform (1993). Inevitavelmente, surgiram acusações desde nepotismo antiquado até feminismo moderno. Outros observadores simplesmente reconheceram-na como um exemplo de nova mulher americana.
Durante o julgamento em tribunal de Bill Clinton, em 1998, Hillary foi felicitada pelos americanos por se manter sempre do lado do seu marido. No Verão 1999, depois de muita especulação, Hillary formou uma comissão para se preparar para uma eventual candidatura ao Senado representando Nova Iorque, em 2000. Hillary começou a aparecer junto da população de Nova Iorque, ouvindo os seus problemas sociais. A ideia era defender-se contra os possíveis ataques de do seu oponente Rudolph Giuliani, mayor de Nova Iorque. Em Setembro, a família Clinton adquiriu uma casa em Chappaqua, uma vila no condado de New York’s Westchester. Hillary entrou oficialmente na corrida ao Senado em Fevereiro de 2000.
Depois de Giuliani ter retirado a sua candidatura ao Senado devido a um cancro, a democrata enfrentou uma dura corrida contra o republicano Rick Lazio, representante de Long Island.

A 7 de Novembro de 2000, Hillary Rodham Clinton tornou-se a primeira mulher na história dos Estados Unidos a ganhar um lugar no Senado.
Em 2003, Hillary Clinton lançou um livro de memórias, Living History/Vivendo a História, baseado, sobretudo, na sua experiência como primeira-dama dos EUA.

2 Comments:

At 1:50 PM, Blogger Eva Shanti said...

Uma mulher que admiro e gostava de ver na presidência dos EUA...

Aliás, com a possibilidade de uma série de mulheres à frente de grandes nações (v.g Ségolène Royal e Heloísa Helena) tenho curiosidade em saber que novo mundo podemos ter: Governação com maior aproximação do povo? Um novo tipo de liderança assente em valores tipicamente femininos? Ou nada, rigosamente mudará?

Bjs

 
At 2:20 PM, Blogger martelo said...

não me importava mesmo nada que ela ganhasse as próximas eleições...
abç

 

Post a Comment

<< Home